1

Para Refletir...

"A caridade o processo de somar alegrias, diminuir males, multiplicar esperanas e dividir a felicidade para que a Terra se realize na condio do esperado Reino de Deus." - Emmanuel

 
Erro
  • XML Parsing Error at 1:102. Error 9: Invalid character

PDFImprimirE-mail
Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 

O dirigente pode, num nico dia, receber uma srie de reclamaes: descontentamento de um funcionrio, ataques pessoais, crticas descabidas, pedido de emprstimo, aumento de espao para determinado trabalho etc. Os diretores menos avisados ficam tensos, de mau humor, apticos; os mais avisados, respondem positivamente ao desafio. Pergunta-se: Como melhorar o nosso relacionamento humano sem causar o estresse excessivo?

As reclamaes so justas? Analisadas friamente, elas sempre deixam um rastro de justia. Por qu? que cada um ajuza o fato de acordo com sua tica pessoal. Nesse sentido, toda a vez que os nossos interesses pessoais vem-se prejudicados, pomo-nos em guarda para defend-los. A nossa primeira reao achar que o outro est tentando nos prejudicar. Por isso, reclamamos, fazemos barulho, a fim de que o nosso espao seja resguardado.

A relao entre a parte e o todo deve ser enfatizada. Nem sempre somos capazes de analisar o fato globalmente. Muitas vezes falta-nos informao; outras, compreenso; mas a pior de todas no querer entender o todo. Se nos julgamos lesados, dificilmente pensamos nos benefcios que da dimanam. S sintonizamos o aspecto negativo. Mas preciso que cada um esforce-se para ver holisticamente, ou seja, sopesar os prs e os contras de cada situao que se nos chega mente.

Quais so as reclamaes que o dirigente deve atender? As que ele quer? No. Ele deve atender somente quelas, que depois de analisadas segundo um juzo crtico e no de crtica, for til ao interesse pblico. Ningum detentor da verdade global. s vezes, til obedecer ao hierarquicamente inferior, pois este pode possuir uma parcela maior dessa verdade relativa. Isto no quer dizer que relaxamos o comando, mesmo porque o lder aquele que mais obedece.

A autoridade deve perceber as coisas tais quais so. Querer defender pontos de vista, quando a razo nos incita a ceder perder tempo e liderana. O verdadeiro lder aquele que reage de forma rpida e eficiente ao que se est acontecendo agora. No deixa para amanh. Quando nos compenetrarmos dessa verdade, vamos entendendo que no fomos colocados frente dos outros para o vo prazer de mandar, mas para o perfeito melhoramento de ns mesmos.

Escutemos pacientemente as reivindicaes de nossos comandados. Somente assim, seremos capazes de distinguir o que deve daquilo que no deve se atendido.

 

 

 



Adicione este artigo nas suas redes sociais!
 

Seja Bem Vindo!