1

Para Refletir...

"A caridade o processo de somar alegrias, diminuir males, multiplicar esperanas e dividir a felicidade para que a Terra se realize na condio do esperado Reino de Deus." - Emmanuel

 
Erro
  • XML Parsing Error at 1:102. Error 9: Invalid character
Avaliação do Usuário: / 2
PiorMelhor 

Ainda muito comum, nos dias atuais, encontrar pessoas constrangidas ou mesmo aterrorizadas quando ouvem falar de Espiritismo, pois elas imaginam a ao do Esprito do mal.
Se voc pensa assim e acredita que Espiritismo no uma doutrina crist, ns o convidamos a abrir estas pginas.
O objetivo desta obra dar-lhe uma breve idia do que a Doutrina Esprita. Queremos despertar a sua curiosidade de forma que lhe permita formar um juzo pessoal, independente de todas as crendices e tolices oriundas do pensamento dos que nada entendem do assunto.
No temos a pretenso de ser donos da verdade, pois , acreditamos que nenhum grupo, religio ou seita detm o privilgio de monopoliz-la.
Com a finalidade de levar um esclarecimento simples e objetivo sobre o assunto, esta pequena obra foi elaborada na forma de perguntas e respostas que foram escolhidas visando dissipar dvidas e preconceitos existentes entre os que no conhecem a Doutrina Esprita, contribuindo, assim, para o esclarecimento. Procuraremos fundamentar as idias em citaes bblicas e de estudiosos do assunto para melhor entendimento do que pretendemos expor.

"A ignorncia dos princpios fundamentais causa das falsas apreciaes da maior parte dos que julgam o que no compreendem, ou que o fazem com base em idias preconcebidas" - (Allan Kardec)

As pessoas que no tm do Espiritismo seno um conhecimento superficial, so naturalmente levadas a fazer certas indagaes, s quais um estudo completo lhes daria, sem dvida, a soluo. Mas o tempo e, freqentemente, a vontade, lhes faltam para se consagrarem s observaes continuadas. Quereriam, antes de empreender essa tarefa, saber ao menos do que se trata e se vale a pena dela se ocuparem. Pareceu-nos til, pois, apresentar, em um quadro restrito, a resposta a algumas das questes fundamentais que nos so diariamente dirigidas. Isso ser, para o leitor, uma primeira iniciao e, para ns, tempo ganho pela dispensa de repetir constantemente a mesma coisa.

O Espiritismo ao mesmo tempo uma cincia de observao e uma doutrina filosfica. Como cincia prtica, ele consiste nas relaes que se podem estabelecer com os Espritos; como filosofia, ele compreende todas as conseqncias morais que decorrem dessas relaes.

Pode-se defini-lo assim:

O Espiritismo uma cincia que trata da natureza, da origem e da destinao dos Espritos, e das suas relaes com o mundo corporal.

O termo "Espiritismo" sinnimo de Doutrina Esprita, porm, frequentemente, utilizado erroneamente para designar qualquer prtica do mediunismo (comunicao com os Espritos), ou confundido com cultos afro-brasileiros (Umbanda, Candombl, entre outros).
O Espiritismo uma doutrina que trata da natureza, da origem e do destino dos Espritos e de suas relaes com a vida material. Foi revelada por Espritos Superiores e codificada (organizada) em 1857 por um professor francs conhecido como Allan Kardec.
Surgiu, pois, na Frana, h mais de um sculo. Traz em si trs faces: filosofia, cincia e religio (moral).
Os adeptos da Doutrina Esprita so os espritas e suas prticas se baseiam no estudo das obras bsicas da Codificao e na assistncia material e espiritual aos necessitados.

O Espiritismo possui cinco princpios bsicos, de onde procedem todas as suas prticas:

1 - A existncia do Esprito e sua sobrevivncia aps a morte.

"Seis dias depois, tomou Jesus consigo a Pedro, e a Tiago, e a Joo, seu irmo, e os conduziu em particular ao alto monte,
E transfigurou-se diante deles; e o seu rosto resplandeceu como o sol, e os seus vestidos se tornaram brancos como a luz.
E eis que lhes apareceram Moiss e Elias, falando com ele" - (Mateus 17.1-3).

Veja tambm: I Pedro 3.19-20 - I Pedro 4.6 - Marcos 12.26-27 e Romanos 11.15.

2 - A reencarnao.

"Porque todos os profetas e a lei profetizaram at Joo.
E, se quereis dar crdito, este o Elias que havia de vir.
Quem tem ouvidos para ouvir, oua" - (Mateus 11.13-15).

Veja tambm Mateus 17.9-13 e Joo 3.3-13

3 - A lei de causa e efeito.

"Ento Jesus disse-lhe: Enfia no seu lugar a tua espada; porque todos que lanarem mo da espada espada morrero" - (Mateus 26.52).

"No erreis: Deus no se deixa escarnecer; porque tudo que o homem semear, isso tambm ceifar" - (Glatas 6.7).

Veja tambm: Mateus 18.7

4 - A comunicao entre o mundo material e espiritual.

"E nos ltimos dias acontecer, diz Deus, que do meu Esprito derramarei sobre toda a carne; e os vossos filhos e as vossas filhas profetizaro, os vossos mancebos tero viso, e os vossos velhos sonharo sonhos;
E tambm do meu Esprito derramarei sobre os meus servos e minhas servas naqueles dias, e profetizaro;" - (Atos 2.17-18).

"E disse-me o Esprito que fosse com eles, nada duvidando; e tambm estes seis irmos foram comigo, e entramos em casa daquele varo;" - (Atos 11.12).

Veja tambm: Mateus 17.1-3 - I Samuel 28.11-20 e Nmeros 11.26-30

5 - A evoluo progressiva dos Espritos.

"Um semeador saiu a semear a sua semente, e, quando semeava, caiu alguma junto do caminho, e foi pisada, e as aves do cu a comeram;
E outra caiu sobre pedra, e, nascida, secou-se, pois que no tinha umidade;
E outra caiu entre espinhos, e crescendo com ela os espinhos, a sufocaram;
E outra caiu em boa terra, e, nascida, produziu fruto, cento por um. Dizendo ele estas coisas, clamava: Quem tem ouvidos para ouvir, oua.
E os seus discpulos o interrogavam, dizendo: Que parbola esta?
E ele disse: A vs vos dado conhecer os mistrios de Deus, mas aos outros por parbolas, para que, vendo, no vejam, e, ouvindo, no entendam.
Esta pois a parbola. A semente a palavra de Deus;
E os que esto junto do caminho, estes so os que ouvem; depois vem o diabo e tira-lhes do corao a palavra, para que se no salve, crendo;
E os que esto sobre pedra, estes so os que, ouvindo a palavra, a recebem com alegria, mas, como no tm raiz, apenas crem por algum tempo, e no tempo da tentao se desviam;
E a que caiu entre os espinhos, esses so os que ouviram, e, indo por diante, so sufocados com os cuidados, e riquezas e deleites da vida, e no do fruto com perfeio;
E a que caiu em boa terra, esses so os que, ouvindo a palavra, a conservam num corao honesto e bom, e do fruto com perseverana" - (Lucas 8.5-15).

Veja tambm: Gnesis 28.12

Tais princpios esto contidos na Bblia e nas cinco obras bsicas da Codificao, que os analisa de maneira racional e interessante. So elas:

- O LIVRO DOS ESPRITOS (1857). Obra de carter filosfico. considerado a espinha dorsal do Espiritismo, j que todas as outras obras partem de seus princpios.

- O LIVRO DOS MDIUNS (1861). Demonstra as conseqncias morais e filosficas decorrentes das relaes entre o mundo material e espiritual.

- O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO (1864). Parte religiosa e moral da Doutrina Esprita. Ensina a moral crist atravs de comentrios sobre as principais passagens da vida de Jesus Cristo.

- O CU E O INFERNO (1865). Allan Kardec apresenta a verdadeira face do desejado Cu, do temido Inferno, como tambm do chamado Purgatrio. Pe fim s penas eternas, demonstrando que tudo no universo evolui.

- A GNESE (1868). Mostra como foi criado o mundo, como apareceram as criaturas e como o Universo. a parte cientfica da Doutrina. Explica a Criao, colocando a Cincia e a Religio face a face.

Texto Extrado do Projeto: Afinal, o que Espiritismo?
Elaborado pelo Grupo Esprita Bezerra de Menezes

Artigos Relacionados:
Espiritismo (1042 Acessos)
SUMRIO: 1. Introduo. 2. Conceituando os Termos. 3. Histrico. 4. Procedimento de Kardec. 5. Corpo Doutrinrio: 5.1. Obras Bsicas; 5.2....
Conseqncia do Relacionamento Desarmonioso: Divulgao Negativa do Espiritismo (1174 Acessos)
Sou dos que acreditam que ns espritas precisamos ser mais audaciosos, mais ousados (vide pergunta 932 d’O Livro dos Espritos)....
Possvel Mostrar o que o Espiritismo sem Desrespeitar as Demais Instituies? (940 Acessos)
Caro irmo esprita, o texto que voc vai ler a seguir demonstra como possvel divulgar a nossa Doutrina, sem desrespeitar as demais...
Espiritismo e Sociedade (1470 Acessos)
“Se quiserdes que os Homens vivam como irmos na Terra, no basta dar-lhes lies de moral; preciso destruir a causa do...
O Que Lcito Pedir Ao Espiritismo (964 Acessos)
H pessoas que procuram na religio a satisfao utilitarista. Acreditam que a religio dever lhes dar a vitria, o sucesso, a felicidade...


Adicione este artigo nas suas redes sociais!
 

Seja Bem Vindo!