1

Para Refletir...

"A caridade o processo de somar alegrias, diminuir males, multiplicar esperanas e dividir a felicidade para que a Terra se realize na condio do esperado Reino de Deus." - Emmanuel

 
Erro
  • XML Parsing Error at 1:102. Error 9: Invalid character
Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 
Índice do Artigo
Estatuto Social
Página 2
Página 3
Página 4
Página 5
Página 6
Página 7
Todas as Páginas

DA COORDENAO DE AO MEDINICA

Art. 25 - A Coordenao de Ao Medinica (MED), responsvel pela implantao de prticas espritas voltadas para a educao de mdiuns e para esclarecimento e tratamento espiritual de criaturas necessitadas, atravs de:

a) reunies de educao medinica;

b) reunies de desobsesso;

c) reunies de formao de ambientes que proporcionem condies para a Espiritualidade realizar tratamento em enfermos espirituais;

d) reunies de orientao espiritual; e,

e) aplicao de passes.

1 - Na conduo das prticas espritas, buscar a MED seguir as diretrizes, normas e procedimentos recomendados pelos princpios doutrinrios, concordes com a Codificao Kardequiana.

2 - Compete ao Coordenador da MED:

a) estabelecer pr-requisitos que permitam a formao de mdiuns e colaboradores a partir da freqncia a ciclos de estudo do Evangelho, da Doutrina Esprita e da Mediunidade;

b) autorizar a formao, ou desativao de equipes e a execuo de tarefas medinicas;

c) supervisionar as tarefas de que tratam as alneas a e do caput deste artigo;

d) avaliar periodicamente as tarefas da MED, visando criar harmonia de mtodos nas diversas atividades;

e) oferecer oportunidades de reeducao medinica e doutrinria aos mdiuns em que se evidenciar processo obsessivo ou a necessidade de retornar aos estudos espritas;

f) fazer cumprir a triagem dos freqentadores que buscam os servios da MED;

g) fazer cumprir as metas medinicas estabelecidas no programa de trabalho do CAD.

 

DA COORDENAO DE PATRIMNIO E CONSERVAO

Art.26 - A Coordenao de Patrimnio e Conservao (PAC) responsvel pelo controle e manuteno dos bens mveis e imveis do GFLM.

1 - So atribuies do PAC:

a) efetuar cadastros permanentes dos bens patrimoniais mantendo-os atualizados e devidamente organizados;

b) efetuar o inventrio anual dos bens patrimoniais do GFLM a fim de compor o Relatrio Anual de Atividades;

c) organizar plano de limpeza e conservao das diversas dependncias, utenslios e mveis existentes;

d) providenciar a manuteno das dependncias, utenslios e equipamentos existentes;

e) providenciar a aquisio e o controle dos materiais para limpeza e conservao das dependncias, utenslios e equipamentos;

f) ter sob seu controle cpia de Escrituras, Plantas e demais documentos que se relacionem com o patrimnio.

 

DA COORDENAO DE INFNCIA E JUVENTUDE

Art.27 - A Coordenao de Infncia e Juventude (INJ) responsvel pelo planejamento, execuo e avaliao de todas as atividades relativas Evangelizao de Infncia e Juventude do GFLM.

1 - So atividades especficas da (INJ):

a) manter programas permanentes de estudo do Evangelho e da Doutrina Esprita compatveis com a idade dos participantes;

b) manter atividades que visem integrao da INJ ao GFLM auxiliando-o nos diversos programas de trabalho;

c) manter-se integrado com trabalhos de infncia e juventude de outras instituies;

d) manter programas de reunies com os pais dos freqentadores informando-os dos mtodos utilizados no GFLM, da necessidade do Evangelho no Lar, orientando-os no relacionamento com seus filhos;

e) manter programas de visitas, campanhas, viagens, encontros etc., que visem a integrar o jovem na realidade social com um suporte Evanglico- Doutrinrio.

 

DA COORDENAO DE PROMOO

Art. 28 - A Coordenao de Promoo (PRO) responsvel pelo planejamento, organizao, controle e execuo de todos os eventos de confraternizao do GFLM.

1 - So atividades especficas da PRO:

a) elaborao de programas de eventos anuais em consonncia com o Coordenador do CAD;

b) planejar, organizar e supervisionar a execuo das tarefas dos Empreendimentos de sua responsabilidade;

c) manter contnuo entrosamento com a FIC no sentido de buscar o equilibrada a sade financeira do GFLM;

d) dar apoio aos eventos programados por outros Coordenadores.

 


Seja Bem Vindo!