1

Para Refletir...

"A Terra é uma embarcação cósmica de vastas proporções e não podemos olvidar que o Senhor permanece vigilante no leme." - Emmanuel

 
Avaliação do Usuário: / 2
PiorMelhor 
Índice do Artigo
Patrono do Centro
Página 2
Página 3
Página 4
Página 5
Página 6
Página 7
Página 8
Todas as Páginas

Foi o incentivador do trabalho do jovem e da mulher em sua religião, bem como na escola, provocando uma revolução nos conceitos da época, onde o jovem e a mulher não possuíam participação efetiva; criação da escola Francisco de Assis, no Lar de Jesus;

Foi o incentivador e auxiliador da criação da Associação de Caridade Hospital Iguaçu, criando seu estatuto;

Foi um trabalhador incansável pelo movimento de Unificação Espírita e, podemos afirmar, desencarnou após enfarte sofrido pelo tremendo esforço despendido na, segundo ele, Caravana da Fraternidade, pois a partir daí sua saúde não mais voltou a ser a mesma e reduziu drasticamente suas atividades por recomendação médica.

Foi o idealizador da palavra Lar na utilização de casas de amparo à infância e à velhice em lugar do termo orfanato, ou ainda asilo;

Foi, dentre outros títulos, membro e fundador da Arcádia Iguaçuana de Letras, ocupando a cadeira nº 1, defendendo a tese Caxias um Eminente Iguaçuano (seu último trabalho).


CAPA DE "CAXIAS UM EMINENTE IGUASSUANO" (SEU ÚLTIMO TRABALHO)

Seu discurso de posse foi lido por seu cunhado Waldemiro, devido sua enfermidade. Na posse, presença do historiador Pedro Calmon.

FOTO DA POSSE NO SALÃO DO TRIBUNAL DO JÚRI DO FÓRUM ITABAIANA EM NOVA IGUAÇU - ESTADO DO RIO DE JANEIRO


DA ESQUERDA PARA A DIREITA EM PÉ: NEWTON DE BARROS, RAUL MEIRELLES, LUIZ AZEREDO,
ALCINDO RAPHAEL, DEOCLÉCIO DIAS MACHADO, ALTAIR PIMENTA, CIAL BRITO, WALDEMIRO 
PEREIRA, HEITOR PINTO DA SILVA, ZILMAR DE PAULA BARROS, SENTADOS: JOÃO BARBOSA,
FRANCISCO MANOEL BRANDÃO, RUI AFRÂNIO PEIXOTO, LEOPOLDO MACHADO, 
PEDRO CALMON, GETÚLIO MOURA E YBICUY TINOCO DE MAGALHÃES.

Neste livro lança os seus ideais para Nova Iguaçu em soneto:

Assinava obras literárias com vários pseudônimos, dentre os principais destacamos: Pio D’Alvarez ou Pio d’Alva. Leontina Maria, Lima de Madureira e Jeuville Oliver.