1

Para Refletir...

"A obra prossegue com o amparo divino. Nem desnimo, nem pressa, equilbrio." - Bezerra de Menezes

 
Erro
  • XML Parsing Error at 1:102. Error 9: Invalid character
Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 

Sem dvida alguma a semana de comemorao dos 35 anos do Grupo da Fraternidade Leopoldo Machado foi um sucesso e, com certeza atingiu aos encarnados presentes, assim como repercutiu no mundo espiritual de forma positiva e estimulante. Venho, porm, destacar a palestra do Prof. Claudio Amorim, dia 25/09 sobre Sade Mental, que me despertou para aspectos interessantes da conduta humana que me convidou reflexo que gostaria de dividir com vocs, amigos e trabalhadores da seara do GFLM.

Nunca havia pensado de maneira to profunda em quo importante o cuidado conosco mesmo tendo como objetivo a evoluo enquanto individuo em plenitude, assim como a evoluo do nosso planeta e, mais ainda, na responsabilidade e compromisso que tal posicionamento nos impe na medida em que pretendemos ser melhores a cada dia. Veja que conjugo o verbo SER e no ESTAR, o que nos coloca numa atitude muito mais ativa diante do mundo e nos relembra a eternidade da vida!

Esse cuidado a que me refiro no comporta o enquadramento ao qual muito nos submetemos atendendo aos apelos do que chamam modernidade nos moldando a critrios de beleza que no atendem nossa realidade e que nos sufoca sem percebermos. Refiro-me ao cuidado delicado e atencioso com os pensamentos, direcionamentos, e atitudes que permeiam a nossa trajetria encarnatria com os trs corpos que possumos: fsico, mental e espiritual, concedidos pela misericrdia Divina.

Ficou claro para mim que este deve ser um trabalho de constante viglia, mas tambm de imenso amor prprio e para com o outro, estes se completando, dando uma uniformidade ao sentido maior da vida que evoluir e contribuir para a evoluo do outro, tornando-nos inteiros e ntegros, oferecendo o de melhor ao nosso irmo cumprindo o compromisso com a caridade. Alm de requerer um criterioso investimento na construo moral positiva que deve ser o alicerce para essa caminhada, pressupe ao proativa na direo do avano intelectual, que muitas vezes foi-nos dito sermos incapazes de alcanar, e labor no Bem, que o vicio do cio nos atrofia os impulsos que tanto colaborariam para o alento, para a mudez da fome e, at mesmo, superao de momentos rduos do nosso irmo to prximo a ns.

O mais satisfatrio foi perceber que enquanto buscamos todas essas atitudes a alegria deve estar sempre presente brindando com ares de leveza e o brilho que somente um sorriso traz, nos colocando como melhor investimento de Deus e, sendo assim, devemos nos encarar como criaturas fadadas felicidade e que passar o tempo todo no lugar da vtima somente nos estaciona no ptio largo onde acontecem os tormentos voluntrios, talvez os mais difceis de enfrentar e abre as portas para companheiros de derrota, que precisam evoluir conosco.

Amigos, penso de maneira mais firme que este o convite belo e bordado ao dialogo interno corajoso que devemos nos propor para que, numa conversa franca, intima, pessoal e intransfervel, possamos assumir de vez o papel que o Pai pacientemente est sempre a nos conclamando a assumir: o de Seus filhos, destinados a deuses, na inteno de preenchermos uma existncia de Paz, equilbrio e muito amor.

Muita Paz!!!!

Izadora Costa
Esprita, Assistente Social, Trabalhadora do Grupo da Fraternidade Leopoldo Machado.

Artigos Relacionados:
Educao para a Morte (1131 Acessos)
Nascimento e morte so fenmenos biolgicos interpenetrados. A vida e a morte constituem os elementos bsicos de todas as vidas, que, por...
Convite (627 Acessos)
Convite Depois de 21 anos de casado, descobri uma nova maneira de manter viva a chama do amor. H pouco tempo decidi sair com outra...
38 anos de GFLM - I (2967 Acessos)
Organograma do GFLM (7660 Acessos)
38 Anos de GFLM - II (1801 Acessos)


Adicione este artigo nas suas redes sociais!
 

Seja Bem Vindo!