1

Para Refletir...

"Colocar-te s na posio dos que sofrem, a fim de que faas por eles tudo aquilo que te desejarias se te fizesse nas mesmas circunstncias." - Emmanuel

 
Erro
  • XML Parsing Error at 1:102. Error 9: Invalid character
Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 

Existem dois tipos de gestos:

  1. Literal: apontar para a cadeira, o plpito.
  2. Figurativo: quando falo de amor, felicidade, corao.

USO DAS MOS, ERROS A EVITAR:

  1. Mos atrs da costa, eventualmente pode, sempre no.
  2. Mos nos bolsos.
  3. Cruzar os braos: ns comunicamos muito mais pelos gestos do que as palavras:
    7% contedo.
    38% tom de voz.
    55% gestos e expresses faciais, no verbal.
    O ser humano se comunica por volta de 700.000 maneiras. O cruzar de braos um gesto defensivo, psicolgico, observe isto nos casais de namorados.

O QUE SO OS GESTOS?

realar a palavra sublinhado-lhe o sentido, esculpir no ar a imagem.
Todo o corpo est envolvido na gesticulao, a mmica no se limita aos braos e sim da cabea aos ps.

  1. COMO GESTICULAR?

O gesto tem que ser feito naturalmente.
Dale Carnegie dizia: "A gesticulao de um homem bem como sua escova de dentes, devem ser coisas muito especiais".
Ns temos que aumentar nossa coleo de gestos.
O orador um ator?
Ele tem que fazer os gestos, mas sem extrapolar sua personalidade como os atores. Ele tem que encenar continuando na sua personalidade.

  1. GESTOS CONVENCIONAIS:
  1. GESTO DE DAR E RECEBER:
    Estendemos os braos para a frente, tendo o cuidado de no deixar os cotovelos
    grudados ao corpo, as mos devem estar descontradas, palmas voltadas para cima, os polegares visveis, destacados.
    O gesto de dar feito avanando com as mos, e o de receber recolhendo-a de modo a tocar a borda correspondente ao nosso peito.
  2. GESTO DE REJEIO:
    A mo ou as mos sobem lentamente at a altura do peito e avana um pouco para a frente, palmas para baixo.
    O objetivo de averso pode estar imaginariamente nossa frente, direita ou esquerda, acima ou abaixo.
  3. GESTO DE ASSENTIMENTO OU REPROVAO:
    Assentir com a cabea sem curvar o tronco ao mesmo tempo, podemos concordar ou discordar em vrios graus de intensidade.
  4. GESTO DE DIVIDIR:
    Una todos os dedos de uma s mo estendidos, estenda a mo como o polegar para cima e desa como se pretendesse cortar alguma coisa e depois separe as duas metades imaginrias.
  5. GESTO DE APONTAR:
    Apontar com o indicador de modo esticado e imperativo.
  6. PUNHOS CERRADOS:
    Indica fora e determinao. Tambm pode indicar ameaa, se feito na frente do rosto, com as costas da mo voltadas para trs. Tambm pode indicar agresso, se batido na palma da mo aberta.
  7. GESTOS DE CONTENO:
    Mo aberta, brao estendido altura do peito, palma virada para a frente.
  8. GESTO DE DESAGRADO:
    Devemos volver a cabea em direo oposta ao suposto objeto, de desagrado, os olhos se fecham como se no quisessem ver, mos elevadas at a altura do peito e empurra imaginariamente a coisa que provoca averso.
  9. GESTO DE SURPRESA:
    Os olhos devem arregalar-se de repente e a boca abrir-se em espanto.
  10. GESTO DE DESESPERO:
    Mos semi fechadas procurando agarrar os cabelos das tmperas, pode ser dramatizado ainda mais descendo-as em direo ao queixo como se estivssemos arrancando os cabelos das tmperas.
  11. GESTO DE ADORAO:
    Colocamos ambas as mos delicadamente na altura do corao, a cabea deve estar olhando o cho enquanto isso, e medida que elevamos nossa cabea e olhar para o alto vamos afastando as mos at que as palmas fiquem voltadas para o cu.
  12. GESTO DE MEDO:
    A mo direita sobre com a palma voltada para fora como se quisesse deter um objeto projetado, o cotovelo fica altura dos olhos.

A IMPORTNCIA DOS OLHOS:

  1. Olhar para o pblico antes de arrumar qualquer coisa.
  2. O olhar exerce uma funo atraente, no permite que o auditrio se desvie do assunto.
  3. O orador o namorado e o auditrio a namorada, e o orador tem que ter uma entrega mtua.

ATITUDES QUE SE DEVE EVITAR COM OS OLHOS:

  1. Fugir com os olhos; desagradvel conversar com uma pessoa que no est olhando para voc.
  2. Fixar o olhar numa pessoa, atrapalha a comunicao.
  3. Olhar para um ponto fixo, (janela, lmpada, espao vazio, etc).
  4. Olhar para uma pessoa que est conversando.
  5. Correr o olhar para a esquerda e para a direita, isto se chama: "olhar pra-brisa".
  6. O olhar perdido, est voltado para dentro de si, s lana o olhar mas volta ao papel.

COMO OLHAR O AUDITRIO:

  1. Quando comear a falar, encarar a ltima fileira para que possa condicionar a voz ltima fileira.
  2. Correr os olhos pela platia, seguindo o esquema A - B - C - D - EG - FH.

A B
C D
E F
G H
*
  1. O sorrir desarma adversrios, muda opinies.
  2. Sorrir de corao.
    Leitura complementar: "Oratria Sacra" pginas 53-57 - Sugestes para as maneiras do pregador no plpito. "Evangelismo" pginas 671 - Entrada na plataforma.
  3. Estar sempre atendo e calmo.
    Leitura complementar: "Oratria Sacra" pginas 60-69 - A propriedade mais importante no estilo a clareza.

 

 

 



Adicione este artigo nas suas redes sociais!
 

Seja Bem Vindo!