1

Para Refletir...

"A paz em ti ajudará a produzir-se a paz no mundo." - Joanna de Ângelis

 

208 anos de Nascimento de Allan Kardec

PDFImprimirE-mail
Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 

424728 420744311323879 1740873944 nHá 208 anos nascia Hippolyte Leon Denizard Rivail, mundialmente conhecido como Allan Kardec (3 de outubro de 1804).
Pesquisador, cientista, aluno de Pestalozzi, Allan Kardec assumiria o papel de codificador da Doutrina Espírita, tornando-se o nome de referência para milhões de adeptos e simpatizantes do Espiritismo.
Leia a seguir um pensamento de Kardec, registrado no livro Obras Póstumas:

“A ingratidão é uma das imperfeições da Humanidade e, como nenhum de nós está isento de censuras, é preciso desculpar os outros, para que nos desculpem, de sorte a podermos dizer como Jesus Cristo: “atire a primeira pedra aquele que estiver sem pecado”. Continuarei, pois, a fazer todo o bem que me seja possível, mesmo aos meus inimigos, porquanto o ódio não me cega. Sempre lhes estenderei as mãos, para tirá-los de um precipício, se se oferecer oportunidade. Eis como entendo a caridade cristã. Compreendo uma religião que nos prescreve retribuamos o mal com o bem e, com mais forte razão, que retribuamos o bem com o bem. Nunca, entretanto, compreenderia a que nos prescrevesse que paguemos o mal com o mal.”

Artigos Relacionados:
Fidelidade a Kardec (948 Acessos)
Uma observação muito criteriosa de Allan Kardec, feita na Introdução de "O Livro dos Espíritos", portanto, vamos dizer assim, no...
Nascimento da Educação Espírita (987 Acessos)
Cada fase da evolução histórica é marcada por uma nova concepção do homem e do mundo. É conhecido o esquema formulado por Augusto...
Como Morreu Allan Kardec? (11017 Acessos)
(Perguntas encaminhadas por uma amiga evangélica) Gostaria de saber como morreu Allan Kardec? Fiquei sabendo que ele  se suicidou, e...
38 anos de GFLM - I (2837 Acessos)
Allan Kardec - 1804-1869 (1677 Acessos)
Allan Kardec - 1804-1869 Quem foi e o que fez Allan Kardec  Durante todo o século XVIII, a França se ergueu como o farol intelectual...


Adicione este artigo nas suas redes sociais!