1

Para Refletir...

"A obra prossegue com o amparo divino. Nem desânimo, nem pressa, equilíbrio." - Bezerra de Menezes

 

Ano Novo velhos desafios

PDFImprimirE-mail
Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 

Começamos um novo ciclo de atividades ou apenas continuamos?
O Ano Novo chegou trazendo velhas dificuldades do Ano Velho que se foi. Ano vai, ano vem e o tempo continua sua marcha inexorável.
Essas reflexões nos despertam para a necessidade de continuarmos nossa luta no caminho da evolução.
Não houve uma pausa, um hiato na obra da criação. São apenas experiências vividas que nos remetem a um balanço das realizações.

Vitórias... fracassos...
Sonhos realizados... sonhos desfeitos...
Planejamentos cumpridos... planejamentos deixados a meio do caminho...
Amizades reafirmadas... companheiros que se tornaram adversários...
Encantos... desencantos...
Familiares que se fizeram presentes em todas as horas... familiares que se distanciaram...
Bom ânimo no trabalho, doando-nos por inteiro para que a obra continuasse... desânimo provocado pela incompreensão de alguns...
Encontros... desencontros...
Novas aquisições no campo do conhecimento... mais conhecimento de que muito pouco sabemos...
Mais um ano vivido... menos um ano para viver...
São meditações no campo de nossa participação individual nos círculos em que diretamente operamos, mas existem outras, de amplitude maior, direcionadas ao Mundo, nosso Mundo, o Planeta que habitamos, em cujo contexto enfrentamos os desafios que têm por objetivo nos impulsionar na caminhada evolutiva.
O nosso Mundo foi palco de grandes testemunhos no ano que passou:
Império econômico, que parecia inexpugnável, se viu abalado em sua grandeza, surpreendido pelo terrorismo; criaturas que se fizeram terroristas pelos muitos anos de opressão e anonimato, tornaram-se "notícia"; religiosos empunhando a bandeira do Cristo, matando em seu nome, quando Ele nos ensinou a amar-nos uns aos outros.
Época de grandes desafios!
Desafios na família - como conduzi-la?
Desafios no mercado de trabalho - como garantir o emprego?
Desafios na saúde - como combater o Câncer, a AIDS, as drogas?
Desafios na segurança pessoal - como vencer a violência (no lar, na rua, no trabalho, no lazer)?
Desafios na sexualidade - como usá-la com o devido respeito aos sentimentos próprios e alheios?
Desafios, múltiplos desafios...

Parece que nunca esteve tão claro para nós - vivemos, realmente, o fim dos tempos de um Mundo de expiações e provas. É a fase de transição, onde se patenteia a Lei de Destruição (L.E. 3ª parte - cap. VI) para que a Terra possa ser refeita em outras bases mais sólidas, não com alicerces de pedras, mas com alicerces morais. E para que chegue à Regeneração, isso não se dará sem grandes e dolorosos transtornos, tanto na área política, quanto na social, econômica e moral.

Como nos posicionarmos nesse momento da necessária transformação.
Será que a solução virá através dos estudiosos e tratadistas em direito, política, sociologia, ética, religião, ou virá através da renovação interior do próprio homem?

Somente o homem poderá promover a tão sonhada Regeneração da humanidade e isto só ocorrerá quando se dispuser a fazer bom uso de sua consciência, suas emoções, seus sentimentos, diante dos inúmeros desafios que estará a enfrentar.

Já se iniciou o processo que levará a Terra à condição de mundo de regeneração, com os expurgos que já vêm acontecendo.

Um companheiro espiritual e amigo de nossa Liga Espírita de Campos deixou para nós em 19/11/01, por intermédio da psicografia, o seguinte recado, convidando-nos a refletir:

Se te baterem na face direita, apresenta a outra.
Amar os inimigos.
Não matar.
Ter a fé do tamanho de grão de mostarda e mover montanhas.
Ser chamado e escolhido.
Perdoar não sete vezes, mas setenta vezes sete vezes.
Ser bem-aventurado.
Atitudes de mansuetude, de brandura, de calma.
Amar a Deus, ao próximos e a si mesmo.
Não vos preocupar com o dia de amanhã, mas fazer vossa parte hoje.
Desafios e desafios para o homem de hoje que usa a modernidade que se estende através das máquinas, da tecnologia...
Mas, que é o homem?
Que faz ele na Terra de Provas e Expiações?
Para que foi criado?
"Agora, façamos o homem a minha imagem e semelhança para que ele possa reinar na água, na terra e no céu."
Que é que temos feito, meus amigos, com tantas oportunidades?
Como temos aproveitado os desafios que têm o propósito de nos ensinar a sermos fortes, destemidos, seguros e confiantes?
Desafios que nos têm levado aos momentos de aprendizado do que somos, o que estamos a fazer aqui e para onde vamos após.
"Buscais e achareis". O esforço da busca, meus amigos, nos propiciará o reencontro com nós mesmos e com a plenitude de nossos espíritos.
O mundo se renova, se transforma.
O mundo se modifica e precisamos estar a acompanhá-lo, no esforço, no sentimento e na razão daqueles que querem realmente passar pela porta estreita e encontrar o caminho do dever cumprido para com Deus e com eles mesmos.
Os desafios aí estão e Jesus nos convida a crescer.
Que busquemos a auto-iluminação na prática do bem, do amor e da fraternidade.

De um amigo espiritual
Médium: Rosiléia Belo Pessanha


Por que teimamos em abandonar as suas diretrizes em busca de filosofias outras, mais sofisticadas, tentando distorcer a simplicidade das lições do Mestre?
Renunciar, perdoar, praticar a caridade, livrar-se do orgulho, perseverar no trabalho do bem são os grandes desafios aos quais Jesus nos submete.
Seria bem mais fácil se seguíssemos o nosso modelo - JESUS.
Jesus sendo sábio foi humilde;
Humilhado, perdoou;
Solicitado, curou os enfermos do corpo e da alma;
Perseguido, não fugiu; enfrentou a multidão;
Crucificado, compreendeu a falência moral dos seus acusadores - "Pai, perdoa-lhes, eles não sabem o que fazem".

Maria Helena E. Vieira
Artigo publicado na
REVISTA ESPÍRITA DE CAMPOS
Ano 19 - Nº 61
Janeiro/Fevereiro/Março/2002

Obs.: Caros amigos, passaram-se os anos e continuamos passando por momentos de muitos sofrimentos, porém é preciso refletirmos sempre para os avisos da natureza para com os habitantes deste mundo.

Muita Paz e Regeneração íntima e individual em 2010!!!

Artigos Relacionados:
Um Novo Ciclo (1039 Acessos)
Há desencarnações que comovem um bairro, uma cidade ou uma parcela da população. A desencarnação de Francisco Cândido Xavier...
Novo Século (618 Acessos)
Já viramos o século e o milênio, por isso procurei um grande amigo que possui dons premonitórios, isto é, ele percebe as coisas que...
Novo Consolador (613 Acessos)
"Porém, o Consolador, que é o Santo Espírito, que meu Pai enviará em meu nome, vos ensinará todas as coisas e vos fará...
Novo Testamento, Porque e Para Que Estudá-lo à Luz da Doutrina Espírita (758 Acessos)
"O Evangelho não se reduz a breviário para genuflexório. É roteiro imprescindível para a legislação e administração, para o...
Faz um ano que ele partiu! (1042 Acessos)
Foi no dia 30 de junho de 2002. Exatamente num domingo de muitas alegrias para o Brasil, quando a seleção brasileira de futebol...


Adicione este artigo nas suas redes sociais!