1

Para Refletir...

"A caridade é um exercício espiritual... Quem pratica o bem, coloca em movimento as forças da alma." - Chico Xavier

 

Faça Uma Nova Polenta

PDFImprimirE-mail
Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 

Quando uma empresa implanta, por exemplo, o ISO-9000, ela passa – durante o processo de implantação – por uma saudável efervescência. Uma boa liderança sabe aproveitar do objetivo comum a ser alcançado e energizar todo o seu pessoal. Nessa fase a motivação costuma estar presente. É um momento de saudáveis, e às vezes ásperas, discussões, é o momento da visão compartilhada, é o momento de desafiar o estabelecido, é o momento em que todos sabem qual foi o caminho apontado, é o momento da motivação contínua. Até que, num dado momento, o processo se completa, o objetivo foi atingido, o ISO-9000 foi implantado.

A partir daí haverá um certo esmorecimento por parte do pessoal. A motivação desaparece, pois não há mais caminho sendo apontado. O objetivo já foi atingido.

Se a liderança não ater-se à essa questão, a tendência é a empresa começar a descer os degraus da competência, da criatividade e da produtividade.

O processo citado é semelhante ao ato de fazer polenta (ou angú, como a polenta é conhecida em alguns estados do nosso país).

É preciso colocar os ingredientes na panela, e então começar a mexer, mexer e mexer sem parar. Mexer a polenta é, de forma análoga, aquele momento em que a empresa está tendo todo o seu pessoal sendo energizado pelo fato de estarem unidos para atingir um objetivo comum.

Aí a polenta fica pronta.

O cozinheiro não tem mais o que mexer.

É o momento de aproveitar do que foi feito. É o momento de comer a polenta. Esqueça o que foi feito e coma a polenta. Pois se não comê-la, seis horas depois já não mais estará tão saborosa. No dia seguinte começara a azedar.

De forma semelhante, quando um determinado processo findar no seu Centro Espírita, coma-o, isto é, saboreie-o e esqueça-o. Não fique cantando os louros da vitória. É passado.

E invente alguma outra coisa.

Se não fizer isso, em pouco tempo sua instituição começará a ficar insossa e logo-logo irá azedar.

Faça uma nova polenta.

Seu Centro Espírita não pode deixar de fazer polenta. Ao acabar uma polenta, comece a fazer outra.

E agora, faça bastante polenta. E que seja numa panela bem grande. Assim você passará muito mais tempo tendo que mexer. Em outras palavras estabeleça uma meta audaciosa para seu Centro Espírita. Assim o seu pessoal ficará energizado muito mais tempo.

 

 

 

Artigos Relacionados:
Nova (?) Missão dos Espíritas (1568 Acessos)
"Ide a pregai a palavra divina. É chegada a hora em que deveis sacrificar, em favor da sua divulgação, hábitos, trabalhos,...
Meditação: Uma disciplina espiritual (1207 Acessos)
(Do livro "Transformando a Mente", XIV Dalai Lama[1], trad. Waldéa Barcellos, transcrito com autorização da Editora Martins...
Amelie Boudet - Uma Grande Mulher (1032 Acessos)
Nosso editorial presta uma singela, mas profunda homenagem a uma mulher extraordinária, Gabriele Boudet Rivail, a Sra. Allan Kardec. O...
Uma Lei de Amor (827 Acessos)
Allan Kardec escreveu que muitas pessoas se tornaram espíritas sem nunca ter testemunhado um fenômeno mediúnico, apenas com a lógica...
Uma passagem entre dois mundos (986 Acessos)
Conan Doyle teve uma feliz expressão ao comentar em seu livro, A História do Espiritismo, a proeza extraordinária do espírito Charles...


Adicione este artigo nas suas redes sociais!